A Cidade

Atualmente, Pimenteiras possui uma população superior a 12.000 habitantes. Localizada no Centro-Oeste do Estado do Piauí, possui uma área de 4.563,129 km² com a caatinga sendo seu bioma predominante.

Pimenteiras foi fundada no ano de 1954 e tem passado por um crescimento continuo desde então. Tal crescimento tem refletido no dia-a-dia dos cidadãos da cidade. Desde sua fundação até os dias atuais, Pimenteiras passou a possuir: 17 Estabelecimentos de Saúde, 114 empresas atuantes, 25 Instituições de ensino públicas e 1 Instituição de ensino privada.

Alguns dados adicionais sobre a cidade :

  • Gestor atual : Antonio Venicio do Ó de Lima
  • Densidade demográfica: 2,57 (hab/km²)
  • PIB per capita (2013): R$ 4.691,86
  • População residente alfabetizada: 7.086 pessoas

 

Mapa

Mini mapa de Pimenteiras

Mini mapa de Pimenteiras

Fonte: IBGE

Obs: Alguns dados retirados do IBGE são do ano de 2013 e por isso podem não corresponder a realidade atual.

História

História de Pimenteiras

Por volta de 1865, chegaram os primeiros habitantes de Pimenteiras, destacando-se Evaristo Braz de Sousa que, acompanhado da família, fundou uma fazenda de gado.

Em 1894, a vinda dos irmãos João e Manoel José Dantas, além de Enéas da Silva Nogueria, atraiu grande número de moradores, contribuindo de forma decisiva para a formação do núcleo.

No entanto, o progresso foi incrementado a partir de 1910, com a chegada de José Pereira Paula e Alexandre de Melo Barbosa, procedentes de Crateús – CE. Incrementaram o desenvolvimento de atividades comerciais, agrícolas e pecuárias, sendo esta última, ainda hoje, a base fundamental da economia do município, que teve sua fase de maior desenvolvimento.

No final de 1953, um grupo de moradores liderado por Elisiário de Melo Barbosa iniciou um movimento visando à obtenção da autonomia administrativa, que foi alcançada em 1954, por ato do então governo Pedro de Almeida Freitas.

Criado o município, pela Lei no. 1.040 de 16 de julho de 1954, a instalação se verificou solenemente no dia 25 do mesmo mês e ano.

O primeiro prefeito do município foi nomeado também por ato do governador, cujo teor era o seguinte: “O governo do Estado do Piauí: Resolve nomear o cidadão Pedro Nogueira Pereira para exercer o cargo, em comissão, de prefeito municipal de Pimenteiras. Palácio do Governo do Estado do Piauí, em Teresina, 09 de Agosto de 1954 (aa) Pedro de Almendra Freitas e Valdir Gonçalves. Prestou compromisso legal e tomou posse nesta data. Valença do Piauí, 17 de Agosto de 1954. O escrivão do judicial (a) Gil de Castro e Silva”

O topônimo admite mais de uma versão. No entanto, a mais provável origina-se do nome dos índios Pimenteiras que habitavam as margens da lagoa do mesmo nome, hoje Lagoa da Estiva, localizada a poucos quilômetros da sede municipal.

Os Precursores

Além de Evaristo Braz de Sousa, dos irmãos João e Manoel José Dantas, Enéas da Silva Nogueira, José Pereira Paula, Alexandre de Melo Barbosa, já mencionados nas notas histórias, é oportuno e justo incluir nesta categoria outras figuras que também contribuíram para o desenvolvimento do aglomerado, posteriormente povoado, e finalmente, município de Pimenteiras.

São figuras inesquecíveis e que, por conseqüência, merecem uma citação. São eles: Sabino de Moura, Luciano Barbosa de Sousa, Xisto Vitoriano de Carvalho, Inácio José Dantas, Joaquim Venâncio Leite, Firmino José Dantas, Manoel Demóstenes de Carvalho, Benedito de Sousa Martins, Cristiano Matias Bernardes, Antão Barroso da Silva, Francisco José Dantas, Antônio, José, João e Candido Martins da Silva Pimentel e João Ribeiro do Nascimento, para os mais íntimos João Cabeça Chata.

Formação Administrativa

Com terras desmembradas do município de Valença do Piauí, o ex-povoado de Pimenteiras, foi elevado à categoria de município pela Lei Estadual No. 1.040, de julho de 1954.

A instalação ocorreu no dia 25 do mesmo mês e ano. Desde sua instalação, até os dias atuais, figura apenas com o distrito sede.

Texto extraído do livro “Pimenteiras Sua História Suas Famílias” Pedro Paula 1998

Fonte: Blog Conhecendo o Piauí